Os EUA realizaram esta madrugada um ensaio com um míssil intercontinental que voou até um atol no Oceano Pacífico, para mostrarem a sua capacidade de dissuasão nuclear.

Os EUA realizaram esta madrugada um ensaio com um míssil intercontinental que voou até um atol no Oceano Pacífico, para mostrarem a sua capacidade de dissuasão nuclear.

A Força Aérea anunciou eosta quarta-feira lançamento de um míssil balístico Minuteman III desarmado, desde a base aérea californiana de Vandenberg. O míssil de longo alcance percorreu cerca de 6.800 quilómetros até uma zona designada para o impacto do projétil no atol de Kwajalein, nas ilhas Marshall.

“O lançamento desta noite é uma importante demonstração da nossa capacidade de dissuasão”, declarou, em comunicado, o coronel John Moss, comandante da Ala Espacial 30, encarregada de gerir os silos de mísseis intercontinentais com capacidade nuclear em Vandenberg.

O lançamento ocorreu em plena escalada de tensões com a Coreia do Norte, depois dos ensaios com mísseis por parte do regime de Kim Jong-un. O sistema de mísseis Minuteman tem 60 anos de história, mas tem sido modernizado em várias ocasiões, para poder manter a capacidade de dissuasão nuclear dos EUA, baseada em silos em terra, submarinos e bombardeiros estratégicos.

Fonte:http://observador.pt/2017/04/26/eua-testaram-missil-intercontinental-no-oceano-pacifico/